2_bio3_preto
Search
Close this search box.
PortuguêsEnglishEspañol
Search
Close this search box.

A Missão do TNFD e a Abordagem LEAP

A missão declarada do Grupo de Trabalho é desenvolver e fornecer uma estrutura de gerenciamento e divulgação de riscos para as organizações relatarem e agirem sobre a evolução de riscos relacionados a natureza, com o objetivo final de apoiar uma mudança nos fluxos financeiros globais para longe de ambientes com resultados negativos e em direção a resultados positivos para a natureza.

Uma avaliação LEAP trabalha parceiros com conhecimento e fornecedores de estruturas relevantes existentes para desenvolver uma abordagem integrada a avaliação da assuntos relacionados à natureza. Ele foi projetado para uso por organizações de todos os tamanhos e em todos os setores e geografias. Essa abordagem de avaliação integrada é chamada abordagem LEAP, ou ‘LEAP’ cuja tradução significa algo como (Localizar, Avaliar, Mensurar e Preparar)

Missão, princípios e objetivos

O quadro do TNFD foi desenvolvido com base em sete princípios:

Usabilidade no mercado: diretamente utilizável e valiosa para participantes do mercado, mormente empresas e instituições financeiras, bem como políticos e outros intervenientes;

 • Baseado na ciência: segue um modelo de abordagem cientificamente ancorado, incorporando recursos bem estabelecidos e evidências científicas emergentes e convergentes para outras iniciativas existentes de base científica;

 • Riscos relacionados à natureza: engloba os riscos relacionados à natureza que incluem riscos financeiros imediatos e materiais, bem como impactos da natureza e seus riscos organizacionais e sociais relacionados;

 • Orientado para um propósito: reduzindo ativamente os riscos e aumentando a ação positiva para a natureza usando o nível mínimo exigido de granularidade para garantir realização do objetivo do TNFD;

 • Integrado e adaptativo: Pode ser integrado e melhorar as divulgações existentes e outros padrões. Ter em conta ser adaptável às mudanças na situação nacional e compromissos políticos internacionais, padrões e condições de mercado;

Nexo clima-natureza: empregar uma abordagem integrada aos riscos relacionados com o clima e a natureza, dimensionando aumentar o financiamento para soluções baseadas na natureza; e

Globalmente inclusivo: Garantir a estrutura e abordagem relevante e acessível em todo o mundo, em mercados emergentes e desenvolvidos.

Ao desenvolver a estrutura, o Grupo de Trabalho teve como objetivo:

• Promover o alinhamento entre os regimes de divulgação;

• Considerar as perspectivas dos usuários e as preocupações de preparadores de divulgações financeiras relacionadas à natureza;

e

• Criar uma estrutura que possa ser eficientemente implementada pelas organizações em seus comunicados financeiros.

As Publicações TNFD

Escopo de uma avaliação LEAP

Por que

Processos internos de due diligence como o LEAP exigem apoio de um defensor interno da alta administração (um comitê ou indivíduo) e uma equipe e projeto dedicada. Alinhamento inicial entre a gestão e a equipe de avaliação LEAP sobre o escopo dos recursos a serem comprometidos para a avaliação é vital antes de qualquer trabalho analítico aprofundado começar.

O que

O TNFD recomenda que a gestão e as equipes do projeto elaborem e concordem com termos simples de documento de referência descrevendo os parâmetros acordados da avaliação LEAP a ser realizada. Isso vai ajudar a garantir o alinhamento em metas e resultados esperados e cronogramas, e consequente recursos e requisitos de orçamento. Essa avaliação deverá basear-se:

• Uma verificação preliminar rápida e de alto nível de dados internos e dados externos e fontes de referência para gerar uma hipótese sobre o potencial da organização: impactos, riscos e oportunidades; e

 • Uma determinação de onde prováveis ​​lacunas de habilidades e dados e como essas lacunas serão abordadas para completar a avaliação com escopo definido com sucesso.

A chave para uma definição de escopo eficaz é não investir muito tempo ou recursos em qualquer pesquisa inicial e varredura de dados já que o processo de definição do escopo é projetado apenas para definir os parâmetros da avaliação a seguir. Algumas organizações-piloto acharam fácil serem atraídas para uma análise detalhada na fase de definição do escopo, o que aumenta os riscos de antecipar a própria avaliação.

Questões Guia

 A TNFD recomenda que todas as organizações considerem duas perguntas orientadoras de alto nível para ajudar a garantir alinhamento em metas e resultados esperados de um Avaliação LEAP.

1. Gere uma hipótese de trabalho: Quais são as processos e atividades de negócios da organização onde é provável que haja problemas relacionados com a natureza material: impactos, riscos e oportunidades?

 2. Alinhar metas e recursos: Dado o nível atual de capacidade, habilidades e dados dentro a organização e determinados objetivos organizacionais, quais são os recursos (financeiros, humanos e de dados) considerações e alocações de tempo necessárias e acordadas em realizar uma avaliação?

Gere uma hipótese de trabalho

Quais as atividades de natureza material da organização de maior probabilidade de impactos, riscos e oportunidades?

Perguntas de apoio:

 • A organização (e a equipe de avaliação) tem uma compreensão fundamental do que está relacionado à impactos, riscos e oportunidades?

 • Quais atividades e/ou ativos estão no patrimônio da organização cadeias de valor a montante e a jusante?

 • Em quais setores, cadeias de valor e/ou geografias a organização está presente?

 • Quanta receita, despesa ou rendimento é associado a cada uma dessas atividades e ativos? Por setor, cadeia de valor e/ou geografia?

Alinhamento de metas e recursos

Considerando o atual nível de capacidade, habilidades e dados dentro a organização e considerando os objetivos organizacionais, quais são os recursos (financeiro, humano e dados) e alocações de tempo necessárias e acordados para realizar uma avaliação?

Perguntas de apoio:

• Quais são os objetivos e expectativas da organização resultantes de uma avaliação LEAP?

• Qual é a abordagem da organização em relação à materialidade? Quem são os principais intervenientes no alinhamento dos relatórios corporativos TNFD e quais informações serão material para eles?

 • Qual nível de avaliação é viável ou apropriado neste momento, dada a complexidade da cadeia de valor da organização? Deve ser por produto, processo, insumo, unidade de negócios ou site?

 • Quais são as linhas de base e os períodos de tempo para a análise?

 • Quais são as atuais limitações e/ou restrições de a avaliação? Por exemplo, habilidades, dados, finanças recursos; e

 • Onde é apropriado colocar os limites em torno de uma análise? Quais são os negócios relevantes? Atividades, setores, geografias e biomas?

Perspectivas do TNFD

A proposta do TNFD vem com a perspectiva de complementar os relatos ambientais das empresas ao Carbon Disclosure Project (CDP) no âmbito ESG (Environmental, Social, and Governance) e aborda diretamente o impacto das atividades empresariais no meio ambiente.

  • Demonstram transparência em suas ações ambientais, o que pode fortalecer a confiança dos stakeholders e melhorar a reputação corporativa.
  • Identificam e gerenciam riscos relacionados ao clima, como exposição a eventos climáticos extremos e mudanças regulatórias.
  • Descobrem oportunidades de negócios em mercados emergentes, como o de créditos de carbono, especialmente através do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL).
  • Adaptam seus modelos de negócios para uma economia de baixo carbono, alinhando responsabilidade climática com desempenho financeiro.
  • Contribuem para o desenvolvimento de políticas corporativas e governamentais mais sustentáveis, influenciando positivamente a legislação ambiental.

Além disso, é um indicativo de que a empresa está comprometida com a redução de emissões de gases de efeito estufa (GEE) e com a implementação de estratégias para combater as mudanças climáticas. Isso é evidenciado pelo uso de metodologias como o GHG Protocol para contabilizar e realizar inventários de GEE.

Veja mais nas publicações oficiais:

https://tnfd.global/tnfd-publications

https://www.cdp.net/en?cid=315908478&adgpid=55107277875&itemid=&targid=kwd-323462850&mt=b&loc=1031564&ntwk=g&dev=c&dmod=&adp=&gad_source=1&gclid=CjwKCAjw1K-zBhBIEiwAWeCOFyGOiNDPEnWCBpCQKXtyTMEmj76yFQC9IB3NFquUKuGeQwZOa_6G9xoCHWcQAvD_BwE

E no nosso blog:

GHG Protocol – Definições Básicas e Principais Pontos – biO3 (bio3consultoria.com.br)

ESG – Due Diligence – Perguntas e Respostas – biO3 (bio3consultoria.com.br)